supercaras
SOL, CHUVA E MARESIA

Às vezes me pergunto se vale a pena
Se é realmente o amor o que nos une
Podia jurar, mas agora já não sei
Podia até esquecer os dias ruins, bastava me pedir

Às vezes não posso evitar de pensar assim
Sabes como eu sou e ainda insistes em me provocar
Às vezes acho que é só pra testar o quanto eu preciso de você
Como se não precisasses de mim

Mas deixa estar
Só hoje não quero virar a mesa
E nem mudar o mundo
Nem aqueles que vivem no meu

E no dia em que a monotonia parecer sem fim
Não se esqueça meu bem
que tudo o que você sente eu sinto também
Eu sinto tão bem e eu finjo também

Ô ô ô…

E mesmo imperfeito e, às vezes, até cruel
É tudo que temos nós,
já que só temos um ao outro
Façamos com que seja bom pra nós dois
Bom pra nós dois